Verdade Sobre Toda a Realidade


Cristãos, cuja visão de mundo - cuja maneira de olhar o mundo - é decisivamente influenciada pela narrativa bíblica, não podem esquecer que nós, seres humanos, fomos feitos à imagem de Deus; que a nossa obrigação primária é reconhecer a nossa condição de criatura e, portanto, nosso prazeroso dever com o nosso Criador; que o pecado não é nada mais do que reduzir a divindade de Deus; de que a nossa dignidade como portadores da imagem de Deus é horrivelmente desfigurada por nossa rebelião; de que toda a raça, e toda a história humana, está correndo em direção a uma prestação de contas final perante este Deus que é tanto nosso Juiz quanto nosso Criador; que existe um novo céu e uma nova terra para se ganhar e um inferno para se temer; de que a nossa única esperança de reconciliação com este Deus é através dos meios que ele próprio estabeleceu em seu Filho; de que o povo de Deus é composto de seres humanos de todas as línguas, tribos e nações, e que, habilitados pelo Espírito de Deus, cresce na obediência pessoal e corporativa, e no amor, se alegrando por pertencer ao reino de Deus, na expectativa da consumação desse reino. Enquanto isso, somos intimados a fazer o bem a todos, e em especial - mas certamente não exclusivamente! - aos da família da fé. Em outras palavras, o Cristianismo não tem a pretensão de transmitir a verdade meramente religiosa, mas a verdade sobre TODA a realidade.

D. A. Carson
Truth About All Reality
FONTE: http://www.reformaerazao.com