E Deus disse... Vive!! - Charles H. Spurgeon

Passando eu por junto de ti, vi-te... e te disse: ...vive. – (Ezequiel 16.6)

Ó salvos, considerem graciosamente esta afirmação da misericórdia divina. Observem que esta ordem de Deus é majestosa. Neste versículo, vemos um pecador com nada mais do que seu pecado, aguardando tão-somente a ira divina. Contudo, o amor eterno passa por ele em glória divina. Deus olha, pára e pronuncia a solitária, mas real, palavra: "Vive". Esta ordem possui vários aspectos. Quando Deus afirmou: "Vive", diversas coisas estavam incluídas nesta ordem. O pecador está pronto a ser condenado, mas o Altíssimo lhe diz: "Vive"; o pecador, então, se levanta perdoado e absolvido. Esta ordem significa vida espiritual. Não conhecíamos a Jesus. Nossos olhos não podiam ver Cristo, e nossos ouvidos não podiam ouvir-Lhe a voz. Jeová disse: "Vive", e nós, que estávamos mortos em ofensas e pecados, fomos vivificados.

Esta ordem inclui vida de glória, que é a perfeição da vida espiritual. "Eu... te disse... vive". Estas palavras permanecem durante todo o tempo, até que a morte chegue. Em meio às sombras da morte, a voz do Senhor ainda pode ser ouvida: "Vive". Na manhã da ressurreição, esta mesma voz será ecoada pelo arcanjo: "Vive". Quando os espíritos redimidos ascendem ao céu, a fim de serem abençoados para sempre, na glória de Deus, isto acontece pelo poder desta mesma ordem: "Vive". E uma ordem irresistível. Saulo de Tarso estava na estrada para Damasco, a fim de prender os santos de Deus. Uma voz foi ouvida do céu, e foi vista uma luz que brilhava mais do que o sol. Saulo clamou: "Que farei, Senhor?" (Atos 22.10).

Esta ordem também expressa graça gratuita. Quando os pecadores são salvos, Deus faz isto tão-somente para exaltar a sua graça não-comprada e não-procurada. Crente, observe sua condição de devedor para com a graça divina. Demonstre a sua gratidão por meio de uma vida cristã séria, semelhante à de Cristo.

________________________________________

FONTE: http://www.charleshaddonspurgeon.com